Este Blog surge porque: Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2005
Em quem não vou votar e porquê
Freitas do Amaral na edição n.º 621 de 27 de Janeiro de 2005 da revista “Visão” escrevia: “Em quem vou votar e porquê” adiantando: “O voto necessário no PS”. E justificava de seguida as suas razões.
Hoje sinto-me no direito, no dever, e principalmente, na obrigação de escrever; referindo-me particularmente às próximas eleições autárquicas em Estremoz: - Em quem não vou votar e porquê! E adiantar: - O voto desnecessário no PS!
Não necessito de duas páginas, como Freitas, para justificar as minhas razões, basta-me referir apenas:
I - Os números falam por si: “... Esperamos que todos tenham a dignidade de cumprir o mandato a que se candidataram, e não fujam às responsabilidades indo ocupar lugares de conveniência...”. - In Brados do Alentejo n.º 612 de 4 de Março de 2005.
II - Onde estamos para onde vamos?: “...Não posso hoje deixar de perguntar: - A dignidade existe ou não? Os lugares de conveniência existem ou não? Mas pergunto mais: - Quando voto num candidato a determinado lugar é na esperança de que ele vá ocupar esse lugar ou na dúvida se está à espera de ir para outro?...”. - In Brados do Alentejo n.º 615 de 15 de Abril de 2005.
III - Resolução do Conselho de Ministros: “... o Governo nomeia o Professor Doutor José Carlos das Dores Zorrinho como Coordenador Nacional da Estratégia de Lisboa, na dependência directa do Primeiro-Ministro, para a coordenação e acompanhamento da aplicação da Estratégia...”. - In Comunicado do Conselho de Ministros de 30 de Junho de 2005.
A tomada de posse ocorreu dia 13 do corrente e assim, de facto, já não pergunto: - Onde estamos para onde vamos? E também não me interrogo: - Que nos reserva o futuro próximo?
Digo apenas: Em quem não vou votar e porquê! Não vou votar no PS, porque os lugares de conveniência existem e tudo no passado recente me leva a concluir, e certamente a quem pensa com a sua cabeça, que os lugares não são para ocupar pelos candidatos amplamente anunciados, mas sim pelos previsíveis e praticamente incógnitos substitutos.

AJPM

In: “Brados do Alentejo - Número 622, de 22 de Julho de 2005”


publicado por AJPM às 03:29
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

CONVERSE COMIGO

Citação "Real e Actual" de um Poeta e político português

«Noite. Silêncio. Lágrimas. Fantasmas

Palavras que sangrais pela raiz

como pedras cantai. Que o meu país

quer armas armas armas.»

pesquisar
 
endereço
Correio Electrónico p/AJPM
posts recentes

Estamos em 2015

E... E... E... E... E... ...

E... E... E... E... E...

E... E... E... E...

E... E... E...

E... E...

E...

E... sempre ainda mais...

E... sempre mais...

E... ainda muito mais...

E... muito mais...

E... ainda mais...

E... mais...

E ainda mais um dos sub c...

E mais um dos sub chefes ...

Mais um dos sub chefes do...

Um dos sub chefes do chef...

O Chefe da Quadrilha

Quadrilha, Governo, etc.

Ano Novo - Vida Nova

O Governo e os Media

Arte com que dinheiro?

Portugal na Fortune

Manifestação nacional

Continuam a meter-se com ...

links
arquivos

Março 2015

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

blogs SAPO