Passa por:
Estou de volta em: AJPM (de volta)

E também por: A J P M está de regresso



Em Estremoz:
Era uma vez um Aparelho que se deitou a parir novos autarcas ao mundo.

Paríu ABORTOS!...

Os Rosinhas


No céu cinzento/Sob o astro mudo/Batendo as asas/Pela noite calada/Vem em bandos/Com pés veludo/Chupar o sangue/Fresco da manada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

A toda a parte/Chegam os rosinhas/Poisam nos prédios/Poisam nas calçadas/Trazem no ventre/Despojos antigos/Mas nada os prende/Às vidas acabadas

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Se alguém se engana/Com seu ar sisudo/E lhes franqueia/As portas à chegada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

No chão do medo/Tombam os vencidos/Ouvem-se os gritos/Na noite abafada/Jazem nos fossos/Vítimas dum credo/ E não se esgota/O sangue da manada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

São os mordomos/Do universo todo/Senhores à força/Mandadores sem lei/Enchem as tulhas/Bebem vinho novo/Dançam a ronda/ No pinhal do rei

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Se alguém se engana/Com seu ar sisudo/E lhes franqueia/ As portas à chegada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Este Blog surge porque: Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações
Segunda-feira, 6 de Novembro de 2006
Basta de demagogia socrática

Falta de verbas obriga os pais a pagarem prolongamento de horário

«O financiamento do prolongamento de horário do 1.º ciclo do ensino básico está a falhar. As verbas cedidas pelo Ministério da Educação são curtas, diz a Associação Nacional de Municípios, e "devem ser revistas". As associações de pais, que têm sido chamados a contribuir, fazem amanhã uma "denúncia pública" da situação, que é ilegal.

"As escolas não tinham experiência nenhuma em actividades de enriquecimento curricular e houve erros de avaliação", diz Albino Almeida, presidente da Federação das Associações de Pais de Vila Nova de Gaia. "Não foram capazes de prever o número de tarefeiros de que precisariam [para manter as escolas abertas até às 17.30] nem conseguiram antecipar as necessidades de consumíveis, como o papel, as canetas ou os lápis", explica o ex-presidente da Confederação das Associações de Pais (Confap).

Resultado: o que falta às escolas está a sair dos bolsos dos pais. "E isso é rigorosamente ilegal, porque estas actividades são, por lei, de frequência gratuita", sublinha. Segundo um despacho da ministra da Educação, a tutela tem um modelo de financiamento para estas actividades que tem como base um valor anual por estudante. "Esta comparticipação poderá chegar até aos 250 euros anuais por aluno, quando os planos de actividades incluírem o Inglês, a Música e a Actividade Física e Desportiva, prevendo-se um investimento total entre 80 e 100 milhões de euros", diz o despacho.

E é aqui que começam os problemas. É que, de acordo com António José Ganhão, responsável para a Educação da Associação Nacional de Municípios, "está a ser solicitado às câmaras municipais material que não estava previsto e cujos custos vão sobrecarregar as autarquias".

Uma vez que o apoio financeiro está definido, em protocolo, entre o Ministério da Educação, as câmaras municipais e os agrupamentos de escolas, a responsabilidade pelas falhas é também repartida. Mas "o valor das verbas cedidas pelo ministério carece de ser revisto, porque as câmaras não podem aceder aos pedidos das escolas e não se pode exigir mais aos pais", diz António José Ganhão. Contactado pelo DN, o porta-voz do Ministério da Educação afirmou não ter "quaisquer elementos" sobre a matéria.»
 

In: Diário de Notícias por Ângela Marques

 

Garanto que o Primeiro-Ministro actual não se chama Durão Barroso nem Santana Lopes. É, isso sim, um mentiroso que se apresentou com promessas opostas à prática que está a ter, levando os portugueses a votarem enganados e a consequente tomada do Poder e implementação de uma ditadura, dita democrática, pela Máquina Oportunista do Aparelho do Partido Socialista.



publicado por AJPM às 08:10
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

CONVERSE COMIGO

Citação "Real e Actual" de um Poeta e político português

«Noite. Silêncio. Lágrimas. Fantasmas

Palavras que sangrais pela raiz

como pedras cantai. Que o meu país

quer armas armas armas.»

pesquisar
 
endereço
Correio Electrónico p/AJPM
posts recentes

TESTE

Estamos em 2015

E... E... E... E... E... ...

E... E... E... E... E...

E... E... E... E...

E... E... E...

E... E...

E...

E... sempre ainda mais...

E... sempre mais...

E... ainda muito mais...

E... muito mais...

E... ainda mais...

E... mais...

E ainda mais um dos sub c...

E mais um dos sub chefes ...

Mais um dos sub chefes do...

Um dos sub chefes do chef...

O Chefe da Quadrilha

Quadrilha, Governo, etc.

Ano Novo - Vida Nova

O Governo e os Media

Arte com que dinheiro?

Portugal na Fortune

Manifestação nacional

links
links relacionados com encontro de Blogs em Alvito
ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO
Praça da República em Beja
Beja Beja
Alcáçovas Alcáçovas
A nossa casinha A nossa casinha
Ouguela Com Vida Ouguela Com Vida
Atribulações de um alentejano em directo Atribulações de um alentejano em directo
Gastr'eat' Gastr'eat'
Alvitrando Alvitrando
Mar Adentro Mar Adentro
Realpolitik Realpolitik
Santamargarida Santamargarida
TVAlentejo TVAlentejo
Amoralva Amoralva
Asul Asul
Confessionário do dilbert Confessionário do dilbert
Estranhos dias e corpo do delito Estranhos dias e corpo do delito
Fantasias Fantasias
arquivos

Fevereiro 2020

Março 2015

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

visitas desde 2006-05-13
www.servicont.com
blogs SAPO