Passa por:
Estou de volta em: AJPM (de volta)

E também por: A J P M está de regresso



Em Estremoz:
Era uma vez um Aparelho que se deitou a parir novos autarcas ao mundo.

Paríu ABORTOS!...

Os Rosinhas


No céu cinzento/Sob o astro mudo/Batendo as asas/Pela noite calada/Vem em bandos/Com pés veludo/Chupar o sangue/Fresco da manada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

A toda a parte/Chegam os rosinhas/Poisam nos prédios/Poisam nas calçadas/Trazem no ventre/Despojos antigos/Mas nada os prende/Às vidas acabadas

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Se alguém se engana/Com seu ar sisudo/E lhes franqueia/As portas à chegada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

No chão do medo/Tombam os vencidos/Ouvem-se os gritos/Na noite abafada/Jazem nos fossos/Vítimas dum credo/ E não se esgota/O sangue da manada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

São os mordomos/Do universo todo/Senhores à força/Mandadores sem lei/Enchem as tulhas/Bebem vinho novo/Dançam a ronda/ No pinhal do rei

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Se alguém se engana/Com seu ar sisudo/E lhes franqueia/ As portas à chegada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Este Blog surge porque: Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações
Sexta-feira, 22 de Setembro de 2006
É mentira
«Governo aperta controlo das faltas por doença

O Governo aprovou hoje, na generalidade, um decreto que passa a exigir aos trabalhadores da administração pública uma declaração emitida pelas entidades competentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) para justificarem as suas faltas por doença.
 
Em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros, o secretário de Estado da Administração Pública, João Figueiredo, recusou-se a falar em alegados abusos na administração pública para justificar a medida do executivo.
Da mesma forma, João Figueiredo negou que o executivo pretenda «poupar no pagamento de subsídios de doença», vincando que a lógica que presidiu ao diploma do executivo «foi a da necessidade de convergência entre o regime de justificação de faltas na administração pública e o regime geral que vigora no país».
A partir do momento em que o diploma entrar em vigor, deixa de bastar ao funcionário público, para comprovação da sua doença e justificação da sua falta, a emissão de um atestado médico.
Tal como acontece já no sector privado, o funcionário público terá de justificar a sua falta por incapacidade temporária com uma declaração emitida «pelas entidades competentes do Serviço Nacional de Saúde, que se tornará o único meio de prova idóneo para justificar faltas por doença».
João Figueiredo referiu depois que, com a aprovação do diploma na generalidade, «segue-se agora a negociação colectiva», tendo o Governo a meta de «proceder à convergência dos diferentes regimes de justificação de faltas por doença a partir de 1 de Dezembro próximo». »
 
In: “Diário Digital / Lusa”
 
Eu provo onde for necessário que há mentira e omissões no que aqui se diz.
E os mentirosos são os Rosinhas
Aí vai mais uma:


publicado por AJPM às 00:39
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Boa a 22 de Setembro de 2006 às 10:47
Acho muitíssimo bem, 3 vivas para o Governo! Já é mais que tempo de meter essa cambada da função pública toda a trabalhar! Finalmente aparece alguém com tomates.


De Fixo a 23 de Setembro de 2006 às 07:35
Ó Fixo tás lixado.... vais levar o tempo a caminho do SNS a busca de papeis para justificar as tuas prolongadas baixa!!!!! se não como é que arranjavas tempo para fazer esta M_____ de blog.....


De Girolmo a 23 de Setembro de 2006 às 23:12
Porquê o apelo á violência? Pegar nas armas para quê? Queira explicar senhor Mourato, não estou a perceber? Que se passa? P.F. responda.


De AJPM a 24 de Setembro de 2006 às 01:03
Não há nenhum apelo à violência da minha parte! A Violência já existe, e vem da parte do Aparelho do Partido Socialista, os portugueses sentem-na diariamente.
Pegar nas armas é necessário para acabar com a Violência do Aparelho do Partido Socialista. O que o Aparelho do PS está a fazer ultrapassa os limites da incompetência.
A Violência (Ditadura) do Aparelho do PS derruba-se como se derrubou Marcelo Caetano. Se não vai a bem vai a mal!


De Girolmo a 24 de Setembro de 2006 às 20:02
Senhor Mourato não acha que está a exagerar? Já uma vez comentei algumas coisas aqui no seu blog (sempre oportuno e interessante) mas lamento e vou deixar de aqui entrar. Pegar nas armas não me parece um bom conselho vindo duma pessoa que se diz civilizada. Ou muito me engano ou voçê vai acabar mal. Violência gratuita? Tou fora. Responda P.F.


De Ana a 26 de Setembro de 2006 às 22:28
Ao principio gostava deste blog inovador, informação a tempo, bons comenta´rios, etc. agora psssssst que nojo o sr. Mourato parece ter perdido o bom senso, pegar em armas, aparelho, cambada, palhaços foram expressões que anotei. Não é coisa para gente no seu perfeito juizo. Para mim acabou!


Comentar post

CONVERSE COMIGO

Citação "Real e Actual" de um Poeta e político português

«Noite. Silêncio. Lágrimas. Fantasmas

Palavras que sangrais pela raiz

como pedras cantai. Que o meu país

quer armas armas armas.»

pesquisar
 
endereço
Correio Electrónico p/AJPM
posts recentes

Estamos em 2015

E... E... E... E... E... ...

E... E... E... E... E...

E... E... E... E...

E... E... E...

E... E...

E...

E... sempre ainda mais...

E... sempre mais...

E... ainda muito mais...

E... muito mais...

E... ainda mais...

E... mais...

E ainda mais um dos sub c...

E mais um dos sub chefes ...

Mais um dos sub chefes do...

Um dos sub chefes do chef...

O Chefe da Quadrilha

Quadrilha, Governo, etc.

Ano Novo - Vida Nova

O Governo e os Media

Arte com que dinheiro?

Portugal na Fortune

Manifestação nacional

Continuam a meter-se com ...

links
links relacionados com encontro de Blogs em Alvito
ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO
Praça da República em Beja
Beja Beja
Alcáçovas Alcáçovas
A nossa casinha A nossa casinha
Ouguela Com Vida Ouguela Com Vida
Atribulações de um alentejano em directo Atribulações de um alentejano em directo
Gastr'eat' Gastr'eat'
Alvitrando Alvitrando
Mar Adentro Mar Adentro
Realpolitik Realpolitik
Santamargarida Santamargarida
TVAlentejo TVAlentejo
Amoralva Amoralva
Asul Asul
Confessionário do dilbert Confessionário do dilbert
Estranhos dias e corpo do delito Estranhos dias e corpo do delito
Fantasias Fantasias
arquivos

Março 2015

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

visitas desde 2006-05-13
www.servicont.com
blogs SAPO